quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Bagagem e o "diz-que-me-disse"



Uma das questões mais comum de quem viaja para o exterior é o que se pode levar na bagagem.








Recentemente uma coisa tem chamado a minha atenção, a cultura do “diz-que-me-disse”. Isso mesmo! Muita gente busca informação, e acaba ouvindo relato de uma pessoa tomando-o como a verdade absoluta.


Por exemplo, perguntam o que pode levar na bagagem, e alguém responde “Ah, eu trouxe quatro caixas de cigarro, 3 litros de cachaça, e não aconteceu nada”. Alguns até dizem, “a imigração abriu a minha mala, e nao disse nada”. “Eu levei x kilos a mais e passou.”


Mas, poderia acontecer de a alfândega tomar a atitude para seguir a lei, ou o funcionário da empresa aérea seguir os termos e condições de sua passagem.


Não quero aqui pousar de politicamente correta, pois já viagei com excesso de bagagem, e passou, mas é sempre bom saber o que é correto.


Para viajar para a Irlanda, vindo do Brasil, poderá trazer 200 cigarros = 10 carteiras com 20. Um litro de cachaça, ou outro destilado. Não deve trazer carne, nem derivados de leite. Veja todas as regulamentações neste site.


Para a questão da bagagem, voos iniciados no Brasil, dão direito a 2 malas de até 32kg, mais a bagagem de mão. Isto quer dizer que se você vai voltar para o Brasil, com o retorno de uma passagem, estas mesmas regras são aplicadas.

Se o voo inicia na Europa, geralmente terá direito a 2 volumes de até 23kg, mas é bom pesquisar, pois há empresas, como a Condor, que tem voos baratinhos que só permitem uma bagagem de até 20kg.


Em voos locais, isto é, dentro da Europa, varia bastante, mas vou falar da Ryanair e Aerlingus. Ambas, na passagem econômica, apenas incluem a bagagem de mão, e qualquer mala despachada é paga a parte. Se for levar mais um volume, compre a bagagem extra online, pois no balcão do aeroporto é sempre mais caro.


E, mais um detalhe para as empresas citadas acima. Você só pode levar até 20kg na bagagem despachada, mesmo que eles deem a opção de comprar mais volumes. Isto é, se tem 2 malas de 20kg, pela aerlingus, pagará 20 Euros por cada bagagem, mais 20kg em peso extra, que custa 180 Euros!!! Total 240 Euros!!! Veja na figura abaixo:




Leve isto em consideração também ao comprar voos separados, pois achou aquela passagem super barata Brasil - França, Holanda, Inglaterra, Itália, etc. Pois se tiver que trocar de avião numa conexão, não terá que se preocupar com as malas, nem com as taxas de voos locais, e nem passar pela imigração deste país.


Vejam os sites das empresas para certificar-se do que pode trazer, e não esqueça de trazer na mala bastante saudades.




terça-feira, 15 de outubro de 2013

Teacher's day - 15 de Outubro

Parabéns a todos os professores, e em especial aos que foram meus professores.


Agradeço também aos meus alunos que me aturaram, pois sem eles jamais seria professora - professores são meio atores, e não há show com teatro vazio!




Abraços a todos,

Marília

segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Cabeça de Galo - Comidinhas do Norteste



Para começar, quero deixar claro que a cabeça do penoso com sua crista não fazem parte da receita - quando era criança pensava que era assim!


A cabeça de galo, bastante popular no nordeste do Brasil,  é um pirão de ovo. Cada pessoa tem uma receita diferente, com seu toque especial, e hoje compartilho minha para quem quiser matar a saudade da comidinha nordestina.


Vejam os ingredientes que usei:


1 cebola grande
½ pimentão verde
1 cubo de caldo de vegetais
4 ovos
coentro
sal
¾ de xícada de farinha de mandioca
pimenta do reino em pó
azeite de oliva
alho e pimenta - usei crushed chillies. Estes itens são opcionais


Modo de fazer:


1) Corte a cebola e o pimentão  em cubos, e frite com um pouco de azeite em fogo baixo;

2) Adicione 1 litro de água fervendo, o cubo de vegetais, alho, pimenta, e deixe cozinhar em fogo baixo por uns 15-20 minutos;

3) Misture a clara e a gema dos ovos em uma vasilha à parte, sem bater, com um pouquinho de sal e pimenta do reino, e adicione esta mistura ao caldo que está fervendo, mexendo sempre, e cozinhe uns 3 minutos;

4) Adicione lentamente a farinha, mexendo para evitar gomos. Esta parte é “meio que no olho” para decidir a quantidade de farinha de mandioca. Para essa medida dessa receita uso entre ½ e 1 xícara. Cozinhe uns 3 a 5 minutos. Prove e veja se precisa de mais sal;

5) Adicione o coentro cortadinho a gosto, desligue o fogo, deixe descançar uns 5 minutos, e pode servir.





Observações:

- É bastate comum adicionar os ovos um a um, como ovos pochê, ou escaldados, deixando-os inteiros.


- Pode ser servido com torradas.


- Pela manhã, salva uma alma que tenha bebido um pouco a mais, pois cura qualquer ressaca.


- Ideal para vegerarianos.


- Como coentro custa mais caro que erva ilícita nessa parte do mundo, guardo no freezer para durar mais.


Enjoy =)

Marília